PANQUECAS DE POLVILHO - SEM GLÚTEN


Todos temos aquelas manhãs em que não queremos ou não podemos gastar muito tempo na cozinha. Que tal fazer as panquecas mais fáceis do mundo? Sim, estas panquecas sem glúten, são fáceis de fazer, saudáveis e tão deliciosas.

O meu amor por panquecas não é novo! Tenho várias receitas que costumo fazer e quando mais simples forem melhor! De vez em quando gosto de experimentar novas ideias e esta de polvilho provei, pela primeira vez na casa de uma amiga, num brunch maravilhoso! Brunch + Amigas = é sempre uma boa ideia! Honestamente, na preparação de todo o brunch, conversa para aqui, conversa para ali, não fixei a receita 100%, mas tentei reproduzi-la e acho que me safei. 

Para esta receita, usei polvilho, que não é nada mais que a goma ou fécula da mandioca. O polvilho pode ser azedo ou doce. Enquanto a produção do polvilho azedo conta com a etapa da fermentação, o polvilho doce não passa por esse processo.
Tanto o polvilho doce quanto o polvilho azedo são isentos do glúten na sua composição. Portanto, podem ser consumidos por quem sofre com a doença celíaca, tem alergias, sensibilidades ou intolerâncias ao glúten ou simplesmente escolheu eliminar a substância da sua alimentação.

A grande diferença entre os dois tipos de polvilho é que o azedo, por ser fermentado, deixa um sabor mais forte nas receitas e a massa pode ficar com uma textura mais densa. Eu gosto de usar tanto o polvilho doce como do polvilho azedo mas quem não gosta de sabores fortes deve optar pelo polvilho doce, que é mais suave e adocicado.

PANQUECAS DE POLVILHO

1 banana pequena
1 ovo
30gr de polvilho
1 colher de café de fermento
1 colher de café de xarope de ácer
1 pitada de sal

Coloca todos os ingredientes na liquidificadora e bate até ficar homogéneo. Também podes usar, para misturar, um garfo ou uma colher. Se a mistura for feita manualmente com uma colher, começa por esmagar a banana com um garfo até obter um puré.

Deixa a mistura descansar alguns minutos enquanto aqueces uma frigideira anti-aderente, em lume médio.

Espalha na frigideira uma noz de óleo de coco e cozinha as panquecas até acabar a massa (mais ou menos uma colher - de sopa - por panqueca).

Cozinha a panqueca e quando o lado que está voltado para cima começar a borbulhar, é hora de virar.

Usa uma espátula para virar a panqueca com cuidado. Deixa o outro lado cozinhar até dourar. Repete o processo até a massa acabar.

Serve as panquecas ainda quentes. Usa as tuas coberturas favoritas - compota, manteiga de amendoim, pedaços de coco ou frutas frescas! Eu acompanhei com figos frescos, iogurte grego natural e sementes tostadas. ;)


Sem comentários:

Enviar um comentário

FOLLOW @FEDRA_F