COROA DE NATAL


Durante estes dias de inverno e noites frias, pode ser fácil esquecer a beleza da natureza  e por isso tento trazê-la para dentro de casa, tanto quanto possível. Com o frio e a chuva, não apetece tanto andar lá fora e talvez seja por isso.

Actualmente a decoração de nossa casa, reflecte este sentimento. Temos conseguido isso com plantas naturais espalhadas pela casa, optando por uma paleta neutra – cinzas, castanhos e pretos - e com a combinação de mobiliário moderno e clássico, arte gráfica, e alguns pormenores acolhedores (como mantas e muitas almofadas). Actualmente a nossa decoração é uma mistura entre um estilo industrial/rústico, com toques escandinavos e alguns diys à mistura. Está perfeita, por agora!!

Mas é Natal e Dezembro é o mês de todos os Diys. Por isso, para combinar com este estado de espírito, partilho convosco a coroa natural, que fiz para este Natal e que encaixa lindamente na nossa decoração.

Já só faltam alguns dias para o Natal (quem é que está a contar?) e ainda vamos a tempo de mais um diy. Por isso, mãos à obra que este projecto é super simples.
De todos os meses do ano é neste mês que me sinto mais inspirada. Tudo é desculpa para "fazer coisas"! Seja porque estou mais tempo em casa, porque os domingos são de chuva ou porque o Natal é aquele evento que nos enche o coração e pelo qual esperamos todo o ano.

Para este projecto usei:

  • Ramos de pinheiro 
  • Cabide de metal
  • Fio de juta / cordel de juta
  • Bolas decorativas em vime 
Comecei por arredondar o cabide, o melhor que consegui.
Depois fui dispondo os ramos de pinheiro, que aleatoriamente fui prendendo com o fio de juta e depois com o cordel.
Finalizei juntando duas bolas de vime que, por ser um material leve, também consegui prender facilmente com o fio de juta ao cabide.

Esta coroa natural, também se adapta facilmente como centro de mesa natalício, cortando o gancho do cabide e usando um conjunto de velas (como estas aqui, por exemplo), para preencher o centro da coroa.

Feliz Natal!

Sem comentários:

Enviar um comentário