WHY DID I STOP READING?


Em jeito de celebração do Dia Mundial do Livro, que aconteceu no passado dia 23 de Abril, decidi partilhar convosco algo que já não me acontecia há muito muito tempo.
Actualmente tenho um caso amoroso com os livros e nada me faz mais feliz do que ter uma pilha deles junto da minha mesa de cabeceira, prontos para atacar numa noite quando não há despertador no dia seguinte. 
Mas nem sempre foi assim...

Desde pequena que sou rapariga de leituras. Quando terminei a faculdade e comecei a trabalhar, prometi que todos os meses compraria um livro para lentamente ir construindo a minha pequena/grande biblioteca. Com o tempo fui perdendo esse ritmo (o preço dos livros também não ajudou muito), comecei a comprar cada vez menos e menos livros e acabei por deixar (completamente) as leituras de lado. Também, por aqui parece que deixou de estar na moda oferecer livros. Porquê? 

Há muito muito tempo que não pegava num livro - livros de culinária, não contam, a sério!! Esta parte de mim parecia, simplesmente ter ficado para trás no tempo. Porém no inicio deste ano, no meio das arrumações de casa, encontrei um livro que, estranhamente,  não me lembrava de ter lido. Pensei, vou lê-lo!, ou pelo menos tentar. Ainda demorei algum tempo até entrar na rotina da leitura, mas...

Best decision ever!!!! O.M.D., é como andar de bicicleta. Voltou tudo à minha memória. Como sabe bem perdermo-nos nas histórias das personagens, visualizar mentalmente enredos e situações caricatas e ter vontade de ler sempre mais uma página.

Apesar de ter lido (e amado) muitos dos clássicos e biografias musicais aos molhos, assumo, que o meu grande segredo (!), porque faço parte de toda uma geração contagiada por Candace Bushnell (Sexo e a Cidade, os Diários de Carrie e Selva de Batom) e Helen Fielding (O Diário de Bridget Jones), é que os livros que mais gosto de ler são comédias românticas e love storys dramáticas daquelas que fazem chorar litros. Sou uma autêntica fã, assumida, do estilo chick-lit*. 
Por vezes, mesmo só às vezes, entro um bocadinho no fantástico (claro que li todos os Harry Potter, Senhores dos Anéis e afins ) e uns thrillers também dão jeito para desenjoar.

Riam o que quiserem, mas é isto. Podia ser pior! Mas não é. Eu vejo a coisa assim: afinal ainda sou aquela miúda simples, que gosta de se perder nos enredos românticos, imaginar beijos perdidos em amores ao pôr-do-sol e isto é bom, sabe bem!

Long story, short - tenho devorado livros que nem uma Julia Roberts a comer a pizzas, em Nápoles, no filme eat pray love.


Entretendo decidi optar por usar o iBooks, o que ajudou e muito.  É verdade que não é a mesma coisa que os livros físicos, mas é tão mais prático e tão mais barato!! Tenho alguma curiosidade com o kindle, mas nunca experimentei. Alguém usa o kindle? Recomendam?

Tenho a certeza que não sou a única a gostar deste género literário. Decidi, por isso, que vou tentar partilhar, aqui no blog, a minha opinião acerca dos livros que vou lendo, nesta nova rubrica que vou designar de chick-lit. 

Não prometo que seja para sempre, nem quantas vezes o vou fazer, mas fiquem desse lado que em breve haverão mais coisas sobre isto, por aqui.

* Chick-Lits são romances leves, divertidos e charmosos, que são o retrato da mulher moderna, independente, culta e audaciosa. - in wikipédia 
A expressão é uma alusão óbvia a outra expressão americana utilizada para filmes do mesmo género, os chick-flicks.

2 comentários:

  1. Eu uso o Kindle e recomendo a toda a gente! Não parei de comprar livros por causa disso, mas em viagens é muuuuuito mais prático! :)

    ResponderEliminar
  2. Apesar de continuar a preferir livros físicos uso muitas vezes o meu tablet para ler livros, especialmente quando não tenho a certeza se vou gostar do livro.
    Ajudou-me a começar a ler em inglês, o que mais tarde levou-me a começar comprar livros em segunda mão em inglês.
    A minha escolha em livros normalmente cai nos thrillers ou detectives/crime. Mas confesso que quando quero descontrair não há nada como os livros da Nora Roberts!

    ResponderEliminar